11/012017

Lua Cheia em Câncer

Tempo de colheita

A Lua transita pelo firmamento e se posiciona em oposição ao Sol, ciclo em que se mostra inteira e brilha em todo o seu esplendor. É Lua-Cheia, prenunciando momentos de plenitude, em consonância com o signo em que ocorre.

Lua Cheia em Câncer

Lua Cheia em Câncer No dia 12 de janeiro, quinta-feir, às 09 h 35 m, teremos o início do período de Lua Cheia, que é quando a Lua fica no signo oposto ao que está o Sol. Como o Sol estará a 22º de Capricórnio, teremos Lua Cheia no receptivo signo de Câncer. A Lua Cheia é um período de complementaridade dos opostos, de culminância e de plena realização, desde que os obstáculos da fase anterior (Lua Crescente) tenham sido devidamente superados.  Para entrarmos no clima e entendermos o que nos espera até a próxima semana, é bom lembrarmos algumas características do animal que simboliza o signo de Câncer. O caranguejo apresenta um exoesqueleto, uma carapaça com a qual se protege dos perigos do mundo exterior. Ele também se move lateralmente, como que para evitar enfrentar os problemas de frente. Além disso,... Continuar Lendo

comentários
21/062016

Planetas transaturninos

Urano, Netuno e Plutão

Durante milênios, a humanidade acreditou que existiam apenas os astros visíveis: Sol, Lua, Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno. Devido ao seu tamanho e à sua órbita, Urano só foi observado em 1781, apesar de poder ser visto a olho nu.

Planetas transaturninos

Durante milênios, a humanidade acreditou que existiam apenas os astros visíveis a olho nu: Sol, Lua, Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno. Devido ao seu tamanho e à sua órbita, Urano só foi observado em 1781, apesar de poder ser visto a olho nu em condições específicas e de o telescópio ter sido inventado no final do século XVI. Urano já chegou causando polêmica e questionando dogmas e certezas cristalizadas. Tanto é assim, que até hoje a astrologia clássica não considera sua existência, já que isso alteraria o sistema de regência e, consequentemente, um método de intepretação embasado teoricamente e testado na prática durante séculos. Já a astrologia chamada de moderna, considera Urano, Netuno e Plutão, descobertos em 1841 e 1930, respectivamente. São os chamados... Continuar Lendo

comentários
13/042016

Júpiter e Saturno retrógrados

Convicções em xeque

Vamos falar um pouco sobre a condição de Júpiter e Saturno, que estão em movimento retrógrado e que refletem o momento que vivemos. Até o fim do mês, teremos também Marte, Plutão e Mercúrio, sobre os quais comentaremos oportunamente.

Júpiter e Saturno retrógrados

Vamos falar um pouco sobre a condição de Júpiter e Saturno, que estão em movimento retrógrado e que refletem o momento que vivemos. Até o fim do mês, teremos também Marte, Plutão e Mercúrio, sobre os quais comentaremos oportunamente. -Júpiter retrógrado em Virgem (até 9 de maio) Virgem está relacionado ao processo analítico, à praticidade, à capacidade de julgamento, etc. Júpiter está relacionado à Justiça, às Leis, às instituições religiosas, aos sistemas educacionais e políticos, às relações internacionais, ao exterior, ao turismo, à imigração, etc. Como o signo de Virgem, originalmente, ocupa a casa 6, área de experiência relacionada ao trabalho, à prestação de serviços e aos cuidados com a saúde, o... Continuar Lendo

comentários
12/012016

Planetas Retrógrados

Astros se movimentam para trás?

Planetas Retrógrados

Por que falamos em planetas retrógrados na astrologia se sabemos que os astros não se movimentam para trás? Bem, o movimento retrógrado é apenas aparente, digamos que seja uma ilusão de ótica, provocada pela diferença de velocidade da Terra em relação à velocidade dos outros planetas. O ponto amarelo é o Sol, o azul é a Terra, o vermelho representa um planeta externo e o verde no outro gif um planeta interno. Já a marca oval branca representa como vemos o movimento do referido planeta do nosso ponto de vista. Como a Terra gira ao redor do Sol mais rapidamente do que os planetas externos e mais lentamente em relação aos planetas internos, em certos momentos, ela ultrapassa Marte, Júpiter, Saturno, Urano, Netuno e Plutão, em outros, é ultrapassada por Vênus e Mercúrio. E é nesses momentos que os planetas parecem estar em... Continuar Lendo

comentários

Quíron, o curador ferido.

Talvez você já tenha se perguntado o que é aquele símbolo parecendo a letra K no seu mapa. É o símbolo de Quíron, ou Kiron ou ainda Chíron, asteroide que orbita entre Saturno e Urano e que foi descoberto em 1977, pelo astrônomo americano Thomas Kowal. Na mitologia, é o rei dos centauros e se destaca por sua sabedoria, seus conhecimentos sobre medicina e seu grande poder de cura. A triste ironia é que é incapaz de curar a si mesmo. Quíron é atingido por uma flecha disparada por acidente por Hércules, mas, como recebeu dos deuses o dom da imortalidade, não morre, mas sua ferida jamais cicatriza. Na astrologia, Quíron ainda é pouco utilizado, já que seu significado ainda não foi totalmente assimilado e sua manifestação ainda não foi devidamente estudada. De qualquer forma, a casa em que Quíron está... Continuar Lendo

comentários
09/072015

Observando Plutão

O grande transformador

Observando Plutão

No dia 14 de julho próximo, a humanidade dará outro importante passo rumo ao conhecimento do universo. Depois de nove anos de viagem, a sonda New Horizons se aproximará de Plutão, o planeta mais distante do sistema solar, dos quais enviará dados e fotos com um nível de detalhe jamais alcançado. É um feito grandioso, principalmente se considerarmos que até 1930 desconhecíamos a existência de Plutão, e que o homem pisou na Lua, o astro mais próximo da Terra, há menos de 46 anos, mais precisamente no dia 20 de julho de 1969. Nos links abaixo, você terá acesso a um texto sobre a simbologia astrológica do tão estigmatizado planeta, a um site com imagens e também a um aplicativo da Nasa que fornece dados astronômicos e faz a simulação da fascinante jornada da New Horizons pelo espaço cósmico. Matéria... Continuar Lendo

comentários
07/062015

Lilith - A Lua Negra

A face sombria do feminino

Lilith - A Lua Negra

Você sabe onde está a Lilith em seu mapa natal? Se não sabe, ou se nem sabia que tinha Lilith no mapa, tudo bem, não se culpe. É provável que pouca gente saiba. Então, vamos falar um pouco sobre este ponto astrológico ainda quase desconhecido. A figura da Lilith surge sob formas e nomes diferentes em várias culturas, mas geralmente é representada como um demônio noturno, associado ao que é maléfico, sempre em forma de mulher (?!). Ela aparece na mitologia de muitos povos e teria sido citada na Bíblia, como a primeira esposa de Adão, mas sua figura teria sido expurgada do texto que chegou até nossos dias. Não precisamos nos aprofundar no estudo de suas muitas variações para entender que se trata do que Jung chamou de arquétipo, uma imagem simbólica que subjaz no inconsciente do ser humano. Então, quando lembramos que a... Continuar Lendo

comentários
02/062015

Trânsitos de Plutão

As transformações dos últimos 200 anos

Trânsitos de Plutão

Plutão, o Pequeno-Grande Transformador Um dos recursos utilizados pelos astrólogos para tentar entender o passado ou prever o futuro é estudar os trânsitos astrológicos, ou seja, o movimento dos planetas pelos signos do zodíaco. Cada planeta tem um ciclo definido e seu movimento dá indicações sobre a dinâmica de um determinado período. Plutão talvez seja o mais desprestigiado dos astros (foi o último a ser descoberto, não é considerado pelos astrólogos clássicos, em 2006 chegou a perder o status de planeta e é chamado e planeta anão). Apesar disso, para os astrólogos modernos, é um importante indicador de mudanças estruturais profundas. Como leva 264 anos para completar sua órbita, seus trânsitos marcam períodos longos, diferente do que acontece, por exemplo, com a Lua. Apenas para ilustrar, listamos... Continuar Lendo

comentários

5 curiosidades sobre a Lua

Na astrologia, a Lua e o Sol são chamados de Luminares, mas representam princípios diferentes. A Lua é a senhora da noite, passiva, intimista e receptiva, enquanto o Sol é o senhor do dia, ativo, extrovertido e expansivo. Ambos são fascinantes, mas a Lua tem algo mais, algo indefinível, mas que há séculos tem inspirado os poetas e despertado o interesse dos cientistas. 1 - Fala-se muito em lado escuro da Lua, o que dá uma ideia equivocada do fenômeno. O que existe é um lado oculto para nós, terráqueos. Todas as suas faces recebem a luz do Sol, como os cientistas já sabiam e como foi constatado por várias missões espaciais. Ocorre que, devido à rotação sincronizada dos astros, aqui da Terra, nós observamos sempre a mesma face do nosso satélite. 2 - Você está acima do peso e desistiu de tentar fazer regime?... Continuar Lendo

comentários

 

Compatibilidade Solar

Seus dados

Sexo:  Masculino   Feminino  

Signo:

Dados do(a) parceiro(a)

Sexo:  Masculino   Feminino  

Signo: