Lendas Urbanas da Astrologia

Ascendente depois dos 30 e Inferno Astral

Não há consenso sobre certos temas astrológicos, o que não é negativo. O problema é quando a linguagem astrológica dá margem a interpretações descoladas da realidade. São interpretações que podemos chamar de lendas urbanas da astrologia.

O Ascendente fica mais forte depois dos 30 anos

Não é raro encontrarmos quem acredite na ideia equivocada de que o Ascendente fica mais forte depois dos 30 anos ou, ainda mais grave, que o Ascendente só começa a funcionar depois dos 30 anos. Antes de qualquer coisa, que fique claro que essa ideia não procede e que não é assim que a dinâmica astrológica se manifesta. Nenhum elemento ou aspecto do mapa funciona isoladamente ou se manifesta depois de um período determinado.

E é claro que só percebemos a manifestação desses fatores com o passar do tempo. Por exemplo, não se pode observar na prática os talentos ou as aptidões profissionais de um bebê. Apenas depois que a pessoa atinge certa idade, podemos perceber como ela está utilizando as potencialidades indicadas no mapa.

De forma similar, as indicações do Ascendente são mais facilmente percebidas quando a pessoa já passou por certas fases. Afinal, entre outras coisas, o Ascendente simboliza o projeto de vida, o que a pessoa manifesta objetivamente, sua  imagem e a forma como ela se apresenta. Obviamente, essas coisas ficam mais evidentes quando a pessoa já viveu certas experiências  e demonstra suas características intrínsecas.

Mas afinal, de onde vem a ideia de que o ascendente fica mais forte depois dos 30 anos? Não se sabe ao certo, mas talvez a resposta esteja na confusão que os leigos fazem com outros indicadores astrológicos.  É comum que a pessoa expresse sua natureza quando já atravessou certos ciclos e isso acontece em sincronia com os chamados trânsitos astrológicos, que são os movimentos dos planetas em relação ao mapa natal. Alguns são muito marcantes, como o trigono de Urano com Urano natal e, principalmente, o famoso retorno de Saturno, que ocorre quando a pessoa faz 29 anos e Saturno retorna ao ponto em que estava no dia em que ela nasceu.   

Podemos dizer que o período do Retorno de Saturno simboliza o encerramento de um ciclo, da juventude que fica para trás para que possa ter início o período de maturidade, que nem sempre é agradável, já que as coisas ganham um peso que não tinham e obrigam a pessoa a ser mais responsável. No mínimo, ela faz um balanço do que fez, começa a se cobrar um pouco mais e a pensar no futuro como uma realidade que tem se construída e não mais como um sonho juvenil. Para mais informações, acesse https://www.viastral.com.br/materia/o-senhor-do-tempo-e-o-tal-retorno-de-saturno/

O inferno astral

Muitas pessoas ficam preocupadas quando a data do aniversário se aproxima porque acreditam no que se convencionou chamar de inferno astral. A ideia que justificaria tal preocupação é que o período de 30 dias que antecede o aniversário seria uma espécie de provação, com muitos desafios, atropelos, desventuras e, como  o nome sugere, sofrimento. Bom, cabe deixar claro que a ideia de um período menos favorável no ano para todas as pessoas não é de todo descabida, mas de forma alguma é razoável acreditar que esse período seja antes do aniversário, pelo menos, não pra todo mundo.  Talvez a ideia tenha se originado de uma visão incorreta de uma técnica de interpretação do mapa do retorno solar, feito no aniversário da pessoa, que consiste em progredir o ascendente uma casa por mês, o que faz com que no mês antes do aniversário, o ascendente esteja na casa 12, um casa de provações, digamos assim.  Mas tentar explicar por que tal ideia não procede.

Quando falamos que o inferno astral é antes do aniversário, estamos dizendo que é antes que o Sol volte ao local que estava no dia em que a pessoa nasceu. Então, por exemplo, digamos que você seja de Leão, e tenha o Sol a 15º deste signo, logo, seu inferno astral seria do 15º de Câncer até o 14º de Leão. E digamos que você tenha Ascendente a 2 graus de Câncer, lembrando que o Ascendente é determinado pela hora de nascimento, então, todo ano o Sol transitaria pelo seu Ascendente e pela sua casa do dinheiro nos 30 dias antes do seu aniversário. Em termos de interpretação astrológica, não haveria qualquer motivo para classificar esse período de inferno astral. 

Se você ficar atento vai perceber que muita gente vive o mês que antecede o aniversário sem qualquer problema, de forma muito agradável, divertida, feliz mesmo.  Provavelmente, são pessoas que vivem o trânsito do Sol antes do aniversário em uma casa favorável e sem fazer aspectos tensos no mapa.  Talvez você esteja pensando: “Tá, mas fulano se deu mal às vésperas do aniversário” ou “Então, de onde vem a ideia de inferno astral?” Bem, vamos por partes.  De fato, muita gente pode mesmo ter um período desfavorável no mês que antecede o aniversário, mas provavelmente por causa da configuração do mapa.

Vejamos um exemplo parecido com o anterior. A pessoa é de Leão, tem o Sol a 15º deste signo, logo, o inferno astral seria do 15º de Câncer até o 14º de Leão. Ocorre que o ascendente dela é a 20º de Leão, ou seja, ela passa quase todo o período que antecede o aniversário com o Sol na casa 12, que é considerada uma casa difícil, para dizer o mínimo, uma casa oculta, que simboliza o isolamento, o retiro, os inimigos ocultos, etc. Neste caso, não seria surpresa se a pessoa tivesse maus momentos no período que antecede o aniversário. 

A astrologia é uma linguagem simbólica que faz uso de muitos indicadores e variáveis, que permitem uma infinidade de combinações, que por sua vez refletem a complexidade do ser humano. Devemos sempre considerar a configuração geral e não ceder à tentação de generalizar. 

Postado em Curiosidades

Deixe um Comentário

 

Compatibilidade Solar

Seus dados

Sexo:  Masculino   Feminino  

Signo:

Dados dx parceirx

Sexo:  Masculino   Feminino  

Signo: