Mapa Astral de Sônia Braga

Uma ilustre geminiana

Sônia Maria Campos Braga nasceu em Maringá, no Paraná, no dia 8 de junho de 1950, às 18h15min. Ela é de Gêmeos, com ascendente em Sagitário e a Lua em Áries, o que indica uma pessoa comunicativa, espontânea, corajosa e expansiva, características que ele tem demonstrado em sua vida pessoal e profissional. Em 1968, quando tinha 18 anos, estreou no cinema com O Bandido da Luz Vermelha e participou da montagem brasileira de peça Hair, na qual atuava nua, o que provocou forte reação da sociedade conservadora da época.

Mapa Astral de Sonia Braga

Felizmente, ela nunca cedeu às pressões, já que é uma mulher combativa que mostrou que não teme polêmicas nem desafios, quando se trata de sua vocação e seu trabalho, o que é indicado em seu mapa por Mercúrio em Touro em trígono com Marte, que está em Virgem na casa 10, assim como Saturno. Tal característica ficou evidenciada no recente episódio em Cannes, quando ela, o diretor e outros atores do filme Aquarius levantaram cartazes chamando a atenção para a situação política no Brasil.

Sonia Braga protesta em Cannes

Depois de Hair, ela participou de telenovelas de grande sucesso na época, como Irmãos Coragem e Selva de Pedra, mas foi só a partir de 1972 que  começou a ficar realmente conhecida do grande público, representando uma professora na versão brasileira do programa educativo infanto-juvenil Vila Sésamo.

Gabriela, cravo e canela

Já em 1975, a carreira de Sônia Braga deu um salto exponencial quando ela protagonizou a telenovela Gabriela, baseada em romance de Jorge Amado, que conquistou uma enorme audiência. O jornal britânico The Guardian noticiou em matéria que Sonia havia conquistado o Brasil, o que não é exagero. Depois disso, vieram alguns papéis que consolidaram a imagem de uma atriz que esbanja segurança e sensualidade, o que pode ser indicado em seu mapa por Vênus em domicílio em Touro, na casa da criatividade e em aspecto favorável com a casa 10, relacionada à profissão e à imagem pública, além de Lua, astro dispositor da casa da sexualidade, em oposição a Marte, que está na mesma casa.

Em 1976, ela abrilhantou o filme Dona Flor e Seus Dois Maridos, que também foi baseado em texto de Jorge Amado e atingiu uma das maiores bilheterias do cinema brasileiro de todos os tempos. O sucesso atingido pela produção ajudou a divulgar o cinema nacional e a lançar o nome de Sonia no mercado internacional, possibilidade indicada por seu ascendente em Sagitário e por Plutão em Leão, na casa do exterior. Em 1978, ela estrelou A Dama do Lotação, um drama erótico baseado em texto de Nelson Rodrigues, que também figura entre as maiores bilheterias do cinema brasileiro. Suas personagens em Tieta do Agreste, Saramandaia e Dancin' Days colaboraram para reforçar a imagem de mulher forte, sedutora e envolvente.

Dona Flor e seus dois maridos

Ela ganhou o prêmio de melhor atriz no Festival de Cinema de Gramado, em 1981, por seu papel em Eu Te Amo, filme dirigido por Arnaldo Jabor. Em 1983, foi convidada para estrelar o remake de Gabriela para o cinema, ao lado do lendário galã italiano Marcello Mastroianni.

Querida pelo público, admirada por seus colegas e comparada à Sophia Loren, Sonia logo recebeu convites de produtores estrangeiros. Em seu mapa, a condição de Júpiter na casa da comunicação pode indicar certa dificuldade inicial por falta de confiança na própria capacidade, mas facilidade para  aprender e habilidade para se comunicar em outro idioma. Curiosamente, o reconhecimento internacional veio justamente em um papel no qual ela falava inglês, no denso O Beijo da Mulher Aranha, filme baseado em um romance de Manuel Puig, no qual ela contracena com William Hurt, que ganhou o Oscar de melhor ator.

O Beijo da Mulher Aranha

Sonia declarou que estava um pouco insegura em seu primeiro papel falado em outra língua, mas, como lhe é característico, ela enfrentou o desafio e as saiu muito bem.

"Às vezes, eu dizia uma fala e me perguntava: O que significa isso?"

Ela foi dirigida por grandes diretores e contracenou com grandes astros estrangeiros, construindo uma carreira internacional de muito prestígio, que continuou crescendo com o passar do tempo. Em 1987, com 36 anos, ela se tornou a primeira brasileira a apresentar uma categoria no Oscar, ao lado do astro Michael Douglas. Em 1988, estrelou Rebelião em Milagro, dirigido por Robert Redford, e a comédia Luar sobre Parador, pelo qual foi indicada ao Globo de Ouro de melhor atriz coadjuvante. Em 1994, foi novamente indicada para o prêmio de melhor atriz coadjuvante por seu papel em Amazônia em Chamas, sobre a vida do seringueiro Chico Mendes.

É um espírito livre, que gosta das coisas verdadeiras e vive intensamente os relacionamentos, mas precisa de certo grau de independência. Nos anos 70, ela vivia com o namorado num barco, namorou Caetano Veloso, que fez Tigresa e Trem das Cores para ela, foi casada com o guitarrista Pat Metheny, teve um relacionamento com Robert Redford e muitos outros romances com outros artistas. Sonia Braga é uma atriz consagrada, uma mulher admirável e uma  ilustre geminiana.

Postado em Mapa Astral dos Famosos

Deixe um Comentário

 

Compatibilidade Solar

Seus dados

Sexo:  Masculino   Feminino  

Signo:

Dados dx parceirx

Sexo:  Masculino   Feminino  

Signo:

Mapa Astral Completo Online

Horóscopo Personalizado
por e-mail. Grátis!

Cadastre-se e faça as melhores escolhas.

Nome
Sexo
Nascimento
 às 

Nasci em horário de verão

Tabela de horário de verão (apenas Brasil)