20/042014

Mapa Astral de Salvador Dalí

Ilustre (e genial) taurino

Salvador Filipe Jacinto Dalí y Domenech nasceu no dia 11 de Maio de 1904 em Figueras, uma pequena cidade na Catalunha, no Norte da Espanha. Portanto, faria 110 anos em 2014. Ele era do signo de Touro, com ascendente em Câncer e Lua em Áries, e nasceu com Júpiter na casa 10 em sextil com Plutão, o que pode indicar sucesso e reconhecimento profissional. Mas como a vida é uma combinação de destino, indicado pelo mapa, e arbítrio, determinado pelas escolhas que fazemos, talvez um astrólogo não pudesse prever com exatidão a importância que ele teria para a arte mundial. Mas, certamente, vários aspectos do mapa natal de Dali poderiam ser interpretados e previstos sem dificuldade. Vamos identificar e comentar alguns, que se mostraram plenamente compatíveis com sua biografia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mapa de Salvador Dali

A palavra gênio é muito usada quando se trata de Salvador Dali, mas sua obra e sua vida parecem confirmar a ideia de que genialidade e loucura são faces da mesma moeda.

"Serei um gênio e o mundo vai admirar-me. Talvez seja desprezado e mal entendido, mas serei um gênio, um grande gênio, estou certo que o sou".

De fato, com seu talento desmedido, seu egocentrismo e comportamento extravagante, exibicionista e um tanto bizarro, ele levou ao paroxismo o ditado popular “De gênio e de louco, todo mundo tem um pouco”.

E cabe a pergunta: podemos perceber tal predisposição em seu mapa natal? A resposta é sim. Em seu mapa, todos os planetas estão no hemisfério norte, indicando extroversão e necessidade de ser notado. E ele tem Vênus em domicílio, em sextil exato com Netuno e trigono com Urano, e Mercúrio em Touro, em conjunção Sol-Marte. Posicionamento que indica sensibilidade criativa, originalidade, talento técnica sofisticada e necessidade de perscrutar as sombras da razão, as camadas mais profundas da alma humana. No universo pictórico de Dali, as interpretações de símbolos religiosos são abundantes e as imagens oníricas e perturbadoras são recorrentes.

 

“Toda a minha ambição no domínio pictórico é materializar as imagens de irracionalidade concreta com a mais acentuada fúria de precisão.”

Dali tinha o ascendente em Câncer, cujo regente é a Lua, que está angular, em Áries e em quadratura com Netuno e Urano. Tal posicionamento reforça o que já foi dito e também indica a forma como ele se relaciona com as mulheres, ao mesmo tempo distante e quase reverencial. Ele tinha por Gala, sua única e grande musa, uma devoção quase sacralizada, mas, pelo que se sabe, o relacionamento não incluía a paixão carnal e o sexo. Também era muito profunda sua relação com a mãe, como se pode perceber pelas palavras que ele escreveu depois que ela morreu:

“Foi o maior golpe que eu havia experimentado em minha vida. Eu adorava-a… eu não podia resignar-me a perda de um ser com quem eu contei para tornar invisíveis as inevitáveis manchas da minha alma”

Outra indicação de seu mapa plenamente compatível com sua biografia é a relação conflituosa com o pai. Dali tinha o Sol em quadratura exata com Saturno, que está na casa 8, posicionamento que, além de reforçar a hipótese de uma sexualidade reprimida a amedrontadora, indica dificuldades e até conflitos de difícil solução com o pai, um homem poderoso e respeitado em sua  comunidade, mas austero e, pelo que se sabe, também irascível. Não há confirmação, mas há fontes que informam que Dali culpava o pai pela morte de um irmão. Embora oficialmente a causa da morte da criança de dois anos tenha sido gastrenterite, Dalí teria dito que seu irmão havia morrido possivelmente em virtude do trauma provocado por uma pancada na cabeça dada pelo pai. Seja como for, a relação de Dali com seu pai foi marcada pela discórdia, como fica claro na citação abaixo:

“Todos os dias eu procurava uma nova maneira de conduzir o meu pai a um paroxismo de cólera ou medo ou humilhação, e forçá-lo a considerar-me, o seu filho, eu Salvador, um objeto de desafeição e vergonha. Eu o rejeitava, o surpreendia, o desafiava e o provocava cada vez mais.”

O gosto pelo suntuoso é outra característica compatível com as indicações do mapa de Dali. Não é surpresa que alguém com Sol, Mercúrio, Marte e Vênus em Touro tenha paixão por tudo o que é requintado e luxuoso, por castelos, jóias e objetos sofisticados. Parece que ele manifestava sua avidez e ganância de forma tão despudorada que André Breton, autor do manifesto surrealista e um de seus desafetos, chegou a cunhar um anagrama que ironizava tais características: Salvador Dali = Avida Dollars. 

Salvador Dali foi um dos maiores expoentes do surrealismo e se tornou um ícone da pintura, mas também atuou em outras áreas, fez esculturas, criou cenários para teatro e jóias para marcas famosas como Dior, e até o logotipo para a marca Chupa Chups. Em parceria com o cineasta Luis Buñuel, fez o estranho filme Un Chien Andalou, cuja cena inicial mostra uma navalha cortando o olho de uma mulher.

 

Era imprevisível e provocador, e sabia usar seus múltiplos talentos para se auto-promover, o que lhe custou muitas críticas e algumas inimizades, mas ele não parecia se importar.   

“É preciso provocar sistematicamente confusão, isso promove a criatividade. Tudo aquilo que é contraditório, gera vida.”

 

Salvador Dalí foi um ser humano complexo, multifacetado e controverso, mas também foi um dos maiores artistas do século 20. Ele morreu no dia 23 de Janeiro de 1989, em Figueras, sua cidade natal.

Postado em Mapa Astral dos Famosos

Deixe um Comentário

 

Compatibilidade Solar

Seus dados

Sexo:  Masculino   Feminino  

Signo:

Dados do(a) parceiro(a)

Sexo:  Masculino   Feminino  

Signo: