Mapa Astral de Hitler

Taurino com ascendente em Libra

“O terror é uma emoção salutar.”

Adolphus Hitler nasceu num sábado, às 18h30m do dia 20 de abri de 1889, numa pequena cidade austríaca chamada Branau am Inn. Ele é de Touro, com ascendente em Libra, signos regidos por Vênus, planeta associado à beleza e às artes. Talvez você esteja se perguntando como um austríaco com tais características astrológicas se tornou chanceler alemão, cometeu atrocidades que envergonham a humanidade e se tornou um dos maiores genocidas da história.

Não é nosso objetivo analisar as condições históricas que contribuíram para que ele se tornasse o comandante supremo das forças armadas alemãs. Basta lembrar a frase de Ortega e Gasset: "Eu sou eu e a minha circunstância." Vamos apenas analisar o mapa de Hitler como um todo, com ênfase em alguns aspectos que talvez expliquem algumas das aparentes contradições.

Como é indicado por seu signo e por seu ascendente, Hitler tinha interesses artísticos, estudou pintura e usou seus talentos para adaptar a suástica e desenhar os uniformes do exército. Ocorre que sua imagem pública é indicada por Saturno na casa 10, em Leão, planeta associado, entre outras coisas, à frieza, à dor de viver, à ambição, à mesquinhez, ao autoritarismo, à rigidez, etc.


Quadro de Hitler pintado em 1909

Ele também adorava ópera e valorizava a perfeição estética como um ideal a ser atingido, ideal que ele levou a extremos e que era uma das bases de sua concepção de uma raça pura, embora não fosse de uma família nobre, muito menos descendente de uma raça pura, ideia que embasou seu ódio aos judeus e que ele defendeu tão fervorosamente em seus discursos e no livro Mein Kampf, escrito enquanto ainda estava preso:

“Quem, física ou espiritualmente, não é sadio ou digno, não deve perpetuar os seus defeitos através de seus filhos.”

Talvez devido às uniões consanguíneas, sua avó era corcunda e sua irmã tinha problemas mentais. Ele próprio era filho da criada da família, que ficou grávida de seu pai quando este ainda era casado com outra mulher. Há indícios que a mãe de Hitler seria sobrinha de seu pai, o que faria dele filho de sua própria prima. Ele odiava o pai, que era agressivo e não aceitava sua arrogância e o criticava por sua preguiça. A relação conflituosa entre eles é indicada claramente pela quadratura entre Saturno e Marte. Então, não é surpresa que, após se tornar o líder supremo do exército, ele tenha feito todo o possível para apagar qualquer traço que revelasse sua origem. Num ponto, o ditador foi coerente. Ele decidiu que jamais teria filhos, já que, segundo alguns pesquisadores, ele sofria de sífilies, que teria sido diagnosticada durante um período durante o qual esteve internado no Hospital Pasewalk, quando ele tinha 29 anos.

Outra característica indicada em seu mapa pela conjunção da Lua com Júpiter na casa 3, e compatível com sua biografia, é a capacidade de comunicação. Embora não fosse muito talentoso nem intelectualmente brilhante, pelo contrário, era medíocre, não conseguiu nem mesmo terminar o ensino médio e nunca foi aceito na Academia de Belas Artes, Hitler escreveu um livro que se tornou um best-seller na época e seus discursos inflamados e raivosos arrebatavam multidões, como se estivesse possuído por uma força sobre humana e hipnotizasse as pessoas com suas palavras. Há quem acredite que ele usava recursos obtidos graças ao estudo do ocultismo. Consta que ele também usava sua retórica agressiva à mesa, fazendo comentários de mau gosto sobre o fato de outras pessoas se alimentarem de cadáveres. Hitler foi vegetariano por alguns anos, mais por imposição de seus médicos do que por idealismo, tanto é que se entregava aos prazeres de frios e linguiças com certa frequência. 

“Agora estou convencido de que não sou eu que estou falando, mas de que alguma coisa fala através de mim.”

Ele também tinha Mercúrio em Áries e Marte, regente deste signo, na casa 7, que é associada aos outros, a tudo que não é a pessoa, etc. Não é surpresa que ele tenha sido o artífice de uma guerra mundial e tenha dito frases do tipo:

“Guerra é vida. A guerra é a origem de todas as coisas.”

Além disso, Mercúrio em seu mapa está em oposição a Urano, que se encontra quase no ascendente, indicando uma pessoa com tendência a agir como um revolucionário, um tanto atípico, mas um revolucionário, que sente prazer em ser agressivo e expressar sua fúria através das palavras.

Outro aspecto do mapa que é confirmado por sua história é a Lua em conjunção com Júpiter. Hitler era apegado à mãe, que sempre o protegeu e fez tudo o que estava ao seu alcance para que ele tivesse uma vida confortável, principalmente depois que ele se mudou para a Alemanha e enfrentou dificuldades financeiras, chegando a morar uns tempos num albergue. Quando ela ficou doente, ele voltou para a Áustria e ficou ao lado dela até sua morte, depois de uma longa e dolorosa agonia. A Lua em Júpiter também explica a correlação que ele fazia entre a imagem feminina e a pátria:

“ ... o povo, para mim, é uma mulher... quem não compreender o caráter intrinsicamente feminino das massas, das multidões, jamais será um bom orador.”

Ocorre que ele tinha Lua em Capricórnio, o que lhe conferia uma frieza que pode ser resumida por esta frase de August Kubizek, talvez seu único amigo verdadeiro: "Quanto mais uma coisa o comovia, mais frio se mantinha." Hitler foi o responsável direto por milhões de mortes e chegou a assistir repetidas vezes com indisfarçável prazer o filme da execução de oficiais que planejavam um atentado contra ele e foram enforcados e pendurados em ganchos de açougue.

Em seu mapa, Netuno e Plutão estão em conjunção na casa 8, associada á sexualidade e à morte, indicando compreensão instintiva, talvez distorcida, mas profunda das crises quer marcaram sua geração, além de instinto de sobrevivência e capacidade de regeneração, o que talvez explique o fato de ele ter sobrevivido a tantos atentados.

Além disso, este posicionamento no mapa indica fantasias de destruição e autodestruição, além de possibilidade de instintos sexuais primitivos, perversões, etc. Há muitas conjecturas, mas pouco se sabe sobre a vida sexual de Hitler. O único dado biográfico que confirmaria essa possibilidade é a suposta declaração de uma de suas amantes: ”...era um ser imundo, um depravado da pior espécie.”. O que sabe ao certo, e que é compatível com o posicionamento dos referidos planetas, é que todas as suas parceiras amorosas se suicidaram ou pelo menos tentaram, incluindo uma jovem que era sua sobrinha, que se matou com um tiro de pistola em circunstâncias obscuras.

Quando a derrota era certa e as tropas inimigas se aproximavam de Berlin, Hitler mandou que fossem destruídos todos os meios de transporte e as instalações militares ou civis que pudessem ser usadas pelos inimigos, incluindo quartéis, fazendas e hospitais, o que ocasionou a morte de milhares de alemães.

“...um povo que se recusa a cumprir o destino que lhe é dado não merece viver, e o povo alemão não está à altura do que eu fiz por ele.”

Hitler se matou no dia 30 de abril de 1945, mas antes ordenou que seu corpo fosse queimado depois de sua morte e que seus restos fossem escondidos para que não fossem expostos em praça pública, como havia acontecido com seu aliado, Benito Mussolini. Antes disso, deu uma pílula de cianureto para sua cadela Blondi e outra para Eva Braun, sua mulher, que ele dizia que eram as únicas duas criaturas em quem ele confiava, nesta ordem. O homem era mesmo um fofo.

(fonte - Marcia Sarcinelli, Hitler, Um Estudo Astrológico)

Postado em Mapa Astral dos Famosos

Deixe um Comentário

 

Compatibilidade Solar

Seus dados

Sexo:  Masculino   Feminino  

Signo:

Dados dx parceirx

Sexo:  Masculino   Feminino  

Signo: