https://www.viastral.com.br/materia/2024-um-divisor-de-aguas-na-historia-da-humanindade

Promoção: Amor em sintonia com os astros

Na compra da Sinastria do casal, ganhe o Mapa Astral de cada um.

2024 - Um divisor de águas na história da humanindade

Um trânsito planetário raríssimo, prenúncio de uma nova era

Nas próximas 2 décadas, viveremos uma verdadeira revolução na ciência e tecnologia, com descobertas impactantes e novos paradigmas, mas também teremos mudanças nas estruturas sociais e políticas, com muita turbulência e destruição.

2024 – O começo do fim ou o fim do começo

Para a astrologia, o ano novo começa em março, com a entrada do Sol em Áries, mas sempre há uma grande expectativa quando começamos um novo ciclo no calendário. Vamos comentar neste texto apenas um evento astrológico que será o mais importante de 2024 e que acontece logo no começo do ano.

No dia 20 de janeiro, Plutão, que é o agente transformador, que destrói para poder construir, entra em Aquário, o signo da rebeldia, da liberdade e das inovações. Bom, na verdade, Plutão ficou em Aquário entre abril e maio de 2023, mas foi só um aperitivo, porque logo ficou retrógrado e retornou para Capricórnio. Agora vai ser pra valer e Plutão vai percorrer todo o signo até 2044. Antes disso, o último período em Aquário tinha ocorrido entre 1778 e 1798.

Claro que naquela época os outros planetas formavam outra configuração e a sociedade era muito diferente, mas se vamos lembrar de alguns eventos históricos daquele período para termos uma ideia do que pode representar esse trânsito. Muitos desse episódios tiveram consequências que transformaram o mundo.

1778 – França apoia os Estados Unidos na guerra pela independência

1779 - Fundação da Academia de Ciências de Lisboa

1787 - Promulgação da Constituição dos Estados Unidos

1789 - Trama-se a Inconfidência Mineira

1789 - Ocorrem as Primeiras eleições nos Estados Unidos

1789 - Explode a Revolução Francesa, com a Queda da Bastilha

1789 - Criada a primeira lista de elementos químicos por Lavoisier

1791 - Promulgada a nova Constituição Francesa

1792 - Acontece a 1ª execução por guilhotina na França

1792 - Tiradentes é enforcado

1792 - Napoleão inicia a carreira militar combatendo contrarrevolucionários.

1793 - Inaugurado o Museu do Louvre

1798 - Alexandre Volta inventa método para gerar eletricidade quimicamente.

Como Plutão também tem a ver com o poder e Aquário tem a ver com o coletivo, podemos esperar para as próximas 2 décadas mudanças significativas nas estruturas sociais e políticas, não sem antes profundos processos de expurgo. Não será surpresa se assistirmos à escalada de regimes totalitários e de ações extremistas, como, aliás, já está acontecendo.  

Certamente teremos imensos progressos na ciência e tecnologia, com descobertas impactantes que devem estabelecer novos paradigmas. Com o aprimoramento da inteligência artificial, do metaverso e novas formas de conexões digitais, as redes sociais devem ganhar uma dimensão ainda difícil de imaginar, mas que transformarão ainda mais a interação entre as pessoas.,

Ocorre que esses novos recursos trarão outras graves consequências. Dezenas de atividades vão desaparecer e outras tantas deverão surgir. Mesmo que isso demore algum tempo, com certeza, milhões de pessoas serão afetadas e terão de se adaptar profissionalmente.

Além disso, os processos de automatização industrial serão intensificados numa escala nunca vista e drones e robôs serão aperfeiçoados para atuar em atividades de risco e na área de serviços. Já estamos vendo alguns sendo usados por empresas para fazer entregas e atendentes eletrônicos em alguns estabelecimentos. O mais preocupante é que também podem ser usados nas guerras, como mecanismos de vigilância ou como armas de destruição.

É um trânsito que prenuncia uma verdadeira revolução. Por um lado, teremos a pressão dos anseios coletivos, intensificando as reivindicações de mais igualdade, de isonomia social e distribuição de riquezas de forma mais justa e humana.

Por outro lado, não se pode descartar a possibilidade de um período de grande turbulência, já que não se deve esperar que aqueles que detêm o poder aceitem passivamente mudanças no sistema político e financeiro vigente.

Seja como for, podermos prever que as pessoas em geral vão passar a ter mais consciência de que estamos todos conectados e que a sobrevivência da humanidade passa pela redução das desigualdades e por uma ação coletiva mundial visando a preservação e o uso racional dos recursos do planeta.



O que achou do artigo?

Comente abaixo:



Matérias relacionadas

Busca

MAPA ASTRAL GRÁTIS



:

Mapa em horário de verão?

Não   Sim